Missão e valores: um mito?


Nesse post vou falar sobre Missão e Valores de uma empresa porque muito se fala sobre isso mas pouco se faz, e nesse vídeo eu vou falar sobre como fazer estas duas palavras terem alguma utilidade no dia a dia da empresa.

Eu já li em muitos livros e já ouvi em vários cursos muitas definições vazias sobre estes dois termos, mas tem uma versão do gestor Jack Welch, gestor da GE por 40 anos, que para mim fez com que estes dois termos realmente fizessem algum sentido e não fosse mais um blablabla.

Qual seria o verdadeiro significado e relevância destes termos? Normalmente as definições são totalmente abstratas e distorcidas, e por isso, não conseguimos enxergar valor e coloca-las em prática.

O que acontece normalmente: cursos de negócios aterrorizam os alunos e os forçam a escrever frases sem valor apenas para fazer o exercício em sala, ou empresas pressionam seus gerentes para produzirem uma placa bonita pra recepção. E o que isso traz de relevância para o dia a dia da empresa? Nenhuma.

O resultado dessas tentativas normalmente são missões como: “A empresa X valoriza a qualidade e os serviços” ou “A empresa tal e tal é movida pelos clientes”. Agora me diz, você conhece alguma empresa que não valorize oferecer um bom produto ou que não valorize os seus clientes?

E quando falamos em valores e vemos as empresas definirem seu valores como: integridade, qualidade, excelência, serviços e respeito”. Gente, sério. Jack Welch fala e eu concordo plenamente: “Todas as empresas que fazem jus ao nome cultivam esses atributos! E por favor, integridade é apenas requisito para entrar no jogo. Se não correr em suas veias, você nem entra em campo.”

Uma boa definição de missão e valores são tão reais que quase conseguimos pegar com a mão por sua concretude. Então, vamos explicar melhor cada um desses termos.

Primeiro, sobre missão:

De acordo com Jack Welch, uma missão eficaz responde a seguinte pergunta: “Como pretendemos vencer nesse negócio?”.

Essa pergunta exige que os gestores tragam respostas esclarecedoras e, o mais importante, façam escolhas sobre pessoas, investimentos e outros recursos e evitam missões que querem ser tudo, para todos, o tempo todo. E claro, ganhar o jogo significa que no final terão como resultado além da missão o próprio lucro.

Um exemplo que o autor traz no livro é a missão da sorveteria Bem & Jerrys que traz três pontos importantes: “crescimento lucrativo”, “sorvetes naturais e sensações de euforia” e “melhorar a vida local, nacional e internacional”.

Ele fala que o ideal é você mesclar o possível e o impossível para ter pontos concretos e pontos que inspiram as pessoas. A missão serve para isso: especificar de maneira objetiva e inspirar.

E agora vamos falar sobre valores:

Jack Welch prefere trocar o termo “valores” por “comportamentos”. Específicos, práticos, tão descritivos que deixam pouco ou nenhum espaço para a imaginação. É o “como” da missão.

É muito mais simples do que parece, para definir os valores da sua empresa apenas responda a seguinte pergunta: Quais comportamentos eu, como gestor e empreendedor, valorizo nas pessoas que trabalham comigo?

Esqueça a simplicidade de apenas listar palavras chaves óbvias, responda de forma natural.

Alguns exemplos que Jack Welch traz no livro:

- Nunca permita que conflitos entre centros de lucro interfiram na maneira de fazer o melhor pelo cliente.

- Sempre busque maneiras de facilitar os negócios.

- Comunique-se diariamente com os clientes. Se estiverem falando com você, não estarão falando com um concorrente.

- Não se esqueça de dizer obrigado.

- Seja implacável no corte de desperdício.

- Valorizem o tempo um do outro.

É óbvio, mas é importante ressaltar, não existe você cobrar um comportamento de um funcionário que você mesmo não o faz. Dar o exemplo é o requisito básico para que a cultura desses comportamentos se perpetuem.

Uma outra sugestão que o autor traz sobre valores é escrevê-los em cartões que cabiam nas carteiras e bolsas para as pessoas estarem sempre com eles em mãos.

É claro que sua empresa não vai desabar se não tiver uma missão e valores eficientes, mas tê-los e usá-los como guia para direcionar as atitudes e estratégia da sua empresa com certeza fará com que você consiga explorar o maior potencial possível nos resultados da empresa.

Quanto mais você deixar claro e quanto mais você reforçar a sua missão e valores no dia a dia da empresa, os funcionários e seus clientes saberão o que você espera deles e poderão trabalhar todos focados em uma direção clara.

Apesar de agora estes termos estarem mais claros, não ache que será tão fácil assim. Por experiência própria, leva tempo. E quanto maior a empresa, mais tempo levará. A definição final deve vir do gestor, do empreendedor, do dono.

É normal que leve tempo, peça sugestões, converse, mature e torne-os reais. Invista tempo e energia para definir estes dois itens na sua empresa até chegar a algo realmente concreto para ser realista, específico e para ter uma direção clara e inspiradora para que todos se sintam parte de algo relevante.

#negocios #empreendedorismo #gestão

0 visualização

contato

  • Instagram
  • YouTube
  • Facebook
  • LinkedIn - Black Circle

@     yasmin@ykbsconsultoria.com.br

t       +55 47 996-763-636

CNPJ 27.428.305/0001-55

Termos de uso e serviço

Copyright 2019 - YKBS ®

Todos os direitos reservados